Quem sou?

Vinicius Tarouco, este é meu nome. Porém, minhas ideias são assinadas pelo meu pen name, como escritor e artista, Veritas Volpe:

Veritas: Verdade
Volpe: Raposa

Vinicius_Veritas_Volpe_Tarouco_Mind_School
Vinicius Tarouco no evento da Mind School em Cuiabá

A leitura tem sido um dos canais mais libertadores do mundo e historicamente tem ajudado a humanidade a progredir, registrar sua história e evitar erros do passado. Gosto muito de vídeo games, séries, filmes e músicas, porém, seu cenário visualmente pronto, sonoramente atmosférico e ritmo rápido não ajudam muito no desenvolvimento criativo do cérebro. Infelizmente, poucos percebem isso e não criam gosto pela leitura em nosso país, hábito na qual força o cérebro a criar todos os cenários e sentidos através da imaginação; do visual ao sonoro.

O Café com Leitura visa ser o ponto de encontro do leitor brasileiro e, conforme o tempo passar e o site progredir, ser um meio de difundir a leitura pelo país.

Raposa da Verdade (Veritas Volpe) e seus sonhos

Pense em Veritas Volpe como uma espécie de Batman: uma ideia, um conceito ideológico convertido em um símbolo. No entanto, a ideia que Batman passa é de justiça, quanto que a Raposa da Verdade (Veritas Volpe), representa ideia de informação real e, talvez não totalmente imparcial (alguns julgam impossível, já que informação real depende de como o informante passa a mesma e do conhecimento e sentimento de quem a recebe) porém o mais próximo da verdade, sem favoritar um lado das diversas facetas de uma única informação. No final, não deixa de ser uma representação de justiça, já que informação falsa é um dos piores meios de difundir injustiças no mundo a fora.

redacao_cafe_com_leitura_escritorio_veritas_volpe
Redação do Café com Leitura

Adotando a virtude que deveria ser primária em qualquer jornalista, a verdade (latim “Veritas”), somado ao animal que representa o jornalismo no Brasil, a Raposa (que sempre está atenta ao seu meio, observando e prestando atenção, julgando o melhor meio de alcançar seu objetivo), nasce o escritor ideológico Veritas Volpe.

O jornalista deve ser o primeiro a analisar aquilo que escreve, pois nem sempre é um especialista (ou atuante) na informação que fornece, assim podendo trazer os dois lados, o bom e o ruim, de toda a situação, com o objetivo de fazer com que o público, com as informações e experiências que contém, definam a melhor solução para a situação da informação oferecida. E digo mais, fazer com que o público, ao invés de escolher um dos lado, procure por novas soluções.

cafe_com_leitura_cafeteria_vinicius_tarouco_veritas_volpe
Como todo trabalhador brasileiro, sou escravo do café!

Mostrar ambos os lados da moeda, mesmo indo contra um lado da ideia. O objetivo principal do jornalista é trabalhar para o povo, para as minorias sociais. Desenvolver a imparcialidade dos lados aos seus leitores, mesmo sendo praticamente impossível não envolver sentimento, que formula a informação através do conhecimento e experiência do jornalista. Evitar com que a população em geral e as pessoas em seu meio social sejam manobras de direção para a mídia lobista (e isso incluindo o jornalismo), nunca defendendo corporações privadas ou mesmo o próprio governo.

Veritas Volpe é Humanista; as pessoas devem parar de pensar na ganância da rápida sensação de riqueza e da vida pós morte. Pensar em desenvolver laços e soluções para outros seres humanos aqui e agora! Melhorar a vida atual e se responsabilizar pelo bem estar da próxima. Só o ser humano cuidando do próprio ser humano para passar a se importar com a natureza, os animais e tudo que em volta da humanidade reside. É nossa responsabilidade como seres conscientes e maiores cuidar de tudo a nossa volta. Não podemos fugir desta verdade iminente.

O Ponto de Encontro do Leitor Brasileiro: Café com Leitura

Como objetivo de vida, pretendo lançar dois livros: uma crítica ao jornalismo contemporâneo e suas maquinações, e outra, uma obra filosófica, ao estilo da Divina Comédia de Dante Alighieri, com imagens no estilo de quadrinhos ou mangás.

O projeto Café com Leitura é uma forma de treinar minha escrita, lembrar meus objetivos e fugir da procrastinação e da desculpa da falta de tempo, que tanto assola os artistas brasileiros, com suas desculpas claras de “estou corrido” assim evitando o seu principal objetivo como artista: fazer, realizar, expandir, divulgar e principalmente: ensinar.

No Café com Leitura, até gato lê!

Nos entrementes, espero conseguir fazer do Café com Leitura um ponto de encontro do leitor brasileiro. Realizar doações para quem não possui condições de ter um livro e, porquê não, realizar eventos e entrevistas com o objetivo de difundir esta arte tão antiga, que unificou milhares de pessoas e culturas ao longo do tempo.

Eu espero que você, meu querido leitor, possa fazer parte deste projeto também! = )