O SESC tem incentivado muito os que desejam se tornar futuros escritores em Cuiabá, capital mato-grossense. Uma das oficinas mais ativas para o público que pretende seguir a carreira como profissionais do texto é a Arte da Palavra.

Em dezembro do ano passado, ocorreu o circuito de palestras com Débora Ferraz, vencedora do prêmio Sesc de literatura em 2014, com seu curso intitulado “Escrita para Ficção”. Desta vez tivemos o curso com o escritor cearense Sidney Rocha, que já venceu o prêmio mais importante de literatura do Brasil, o Prêmio Jabuti de Literatura, em 2012 com seu obra “O Destino das Metáforas“.

O Circuito de palestras, como é de costume, ocorreu em uma das salas do SESC Arsenal (Laboratório da Palavra), importante local de difusão de conhecimento nas mais diversas artes. Tendo duração de 3 horas (sendo 15 minutos para intervalo), o curso gratuito contou com alunos engajados, do dia 15/05 (terça-feira) à 19/05 (sábado).

Sidney Rocha - A Arte da Palavra

Sidney Rocha trouxe um curso recheado de curiosidades que abrangeu técnicas dos mais diversos escritores de sucesso do mundo. Entre o material, estavam a “Filosofia da Composição“, de Edgar Alan Poe em relação ao seu Poema “O Corvo” e até mesmo um poema do polêmico escritor Charles Bukowski.

Se é possível resumir um rico curso como o de Sidney Rocha para os futuros escritores mato-grossenses, essa palavra seria “Emoção”. Sendo o foco do palestrante, a Emoção se tornou não só um assunto recorrente, como também foi parte dos exercícios que Sidney passou aos seus alunos nestes poucos dias de curso. A programação das aulas foram:

  • Estrutura Narrativa,
  • Criação de Personagens,
  • Estudo da Cena,
  • Diálogos.

Os exercícios mais práticos contaram com criação de textos em diversos ângulos narrativos (em 1° e 3° pessoas) e criação de textos baseadas em quadros famosos (de Edward Hopper) e vídeos, entre eles um envolvendo o poema de Bukowski.

Sidney Rocha Curso Arte da Palavra
Quadros de Edward Hopper aguçaram a criatividade dos alunos para a formulação de curtas.

Sidney Rocha também focou em trazer vida aos personagens através da compaixão, que para o mesmo, supera livros de caráter supérfluos que usualmente se utilizam da propaganda, ou do consolo (como são os livros de autoajuda). Segundo Sidney Rocha, consolar é passar a mão na cabeça, enquanto que compaixão é se colocar no papel do outro, principalmente quando se está criando o personagem.

Sidney também mostrou aos estudantes outra faceta da capital Cuiabá. Com seu projeto “Cuiabá Insólita“, o escritor mostrou fotos de quando caminhou pela capital, exibindo diversos pontos e pessoas interessantes da cidade. Um dos exercícios solicitados pelo professor foi exatamente isso; que os alunos tirassem fotos da cidade.

O Café com Leitura esteve presente no curso e, assim como no ciclo de palestras envolvendo Débora Ferraz na Arte da Palavra, recomendamos muito os cursos organizados pelo SESC para quem busca ser escritor. Principalmente se este for ministrado por Sidney Rocha que, não a toa, venceu o prêmio mais importante de literatura do Brasil!

Sidney Rocha Curso Alunos
Foto do último dia de curso, tirada pelo aluno Cristopher.

Outros livros do autor Sidney Rocha:

  • Sofia
  • Fernanflor
  • Matruiska
  • Guerra de Ninguém
Por

Escritor, crítico e redator aficionado por livros e jogos eletrônicos. Conhecido como Veritas Volpe no ambiente artístico e literário.

Escreva um comentário